Condomínio residencial é autuado por descarte irregular de agulhas

A Prefeitura autuou nesta segunda feira (29) um condomínio residencial localizado no Jardim Silvestre, por descarte de agulhas utilizadas em seringas de injeção no lixo comum. Durante o trabalho, coletores notaram o material e acionaram a Secretaria de Serviços Públicos, que prontamente enviou equipe ao local onde a irregularidade foi constatada.

Somente nos primeiros seis meses deste ano, já foram registrados 13 acidentes envolvendo coletores e objetos perfurocortantes descartados irregularmente, dentre os quais, oito com agulhas e cinco com vidro e outros objetos. Dependendo da gravidade do ferimento, o trabalhador pode ficar afastado de suas atividades para recuperação. Em todos os casos que envolvem agulhas, os coletores precisam tomar coquetel de medicamentos retroviral para  prevenir doenças transmitidas pelo sangue, dentre elas a aids.

Descarte correto de agulhas

Agulhas jamais devem ser descartadas no lixo doméstico. Agulhas devem ser guardadas em um recipiente que, quando cheio deve ser entregue em qualquer unidade básica de saúde (UBS) da cidade.

Para o armazenamento das agulhas usadas, uma alternativa às embalagens especiais para tal finalidade, é o uso de garrafas pet que possuem estrutura rígida, impedindo assim o contato com o material descartado.

Mais para você
Comentários
Carregando ...