publicidade

Ocupação é impedida em área de preservação no Taboão

A operação foi deflagrada após denúncia anônima

Funcionários do Departamento de Acompanhamento e Controle de Ocupações Irregulares (DACOI) da Secretaria de Justiça, com apoio da Guarda Civil Municipal (GCM), estiveram na manhã desta sexta-feira (15), na avenida João Jamil Zarif (altura do nº 680), no Taboão, para impedir a ocupação irregular de uma área de preservação ambiental às margens do Rio Baquirivu.

- continua depois da publicidade -

Leia Também

+ Prefeitura interrompe invasão de área publica no Jardim Álamo

+ Prefeitura remove barraco, com drogas, na cidade Soberana

A operação foi deflagrada após denúncia anônima. No local, as equipes encontraram cerca de 130 pessoas. Segundo o diretor do DACOI, Waldemar Tenório, as pessoas foram retiradas do local e orientadas a procurar a Secretaria de Assistência Social para serem inseridas no CadÚnico, podendo assim ter acesso a programas sociais e habitacionais.

O DACOI realiza fiscalização preventiva no intuito de coibir ocupações irregulares em vias e áreas públicas, áreas de risco e de proteção ambiental. O departamento trabalha em conjunto com outros setores da Prefeitura, como as Secretarias de Meio Ambiente, Habitação e Desenvolvimento Urbano, Secretaria de Assuntos para a Segurança Pública e também com a Proguaru, dependendo do caso.

Para denunciar irregularidades em áreas ou vias públicas da cidade, basta ligar para 2453-6810 e 2453-6872. O serviço funciona de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas.

Marilene Bertolazzo

PUBLICIDADE

Mais para você
Comentários
Carregando ...