Linha 13-Jade mudará percurso para chegar ao Terminal 2 de Guarulhos

Em apresentação, Secretaria dos Transportes Metropolitanos também prevê estender ramal da CPTM até o Brás

apresentação interna da Secretaria dos Transportes Metropolitanos que vazou há quase duas semanas revela uma importante mudança de rumo no projeto da Linha 13-Jade, da CPTM. Na visão da nova administração, o ramal terá uma função muito mais útil a curto prazo do na gestão anterior, que evitou conflitos ou situações mais complicadas em sua operação.

A primeira novidade é a inserção da estação Guarulhos – Terminal 2. Sim, no mapa disponível no documento, a Linha 13 aparece com uma estação em frente aos principais terminais do Aeroporto de Guarulhos, como era aliás o projeto original. Para isso, sairia de cena a estação Jardim dos Eucaliptos e que permitiria que as vias fizessem uma curva mais aguda no sentido leste a fim de se aproximar do terminal aeroportuário. De lá, a linha reencontraria o traçado anterior, mas com a futura estação  São João mais ao sul.

Leia Também

Linhas 702 e 717B Circular Saúde mudam itinerários para atender mais usuários

Prefeitura realiza 2 mil inscrições para o Programa Bolsa Trabalho

Aeroporto Guarulhos

Embora ainda não confirmada, a mudança significa que a gestão Doria desistiu da péssima ideia de instalar uma enorme passarela com esteiras rolantes para dar utilidade à estação Aeroporto Guarulhos, hoje o mais próximo acesso por trilhos ao aeroporto. Não se sabe como o atual governo teria conseguido convencer a concessionária GRU Airport a permitir que a linha da CPTM passe por dentro de áreas sob gestão dela, mas a atitude contrasta com a passividade do seu antecessor, Geraldo Alckmin, que na época aceitou mudar todo o projeto.

Na apresentação, essa nova estação do aeroporto está prevista para ser entregue em 2022 enquanto a estação Presidente Dutra, penúltima dessa expansão de 9,5 km, ficaria para 2023. São João e a estação terminal Bonsucesso aparecem com entrega em 2024. A estimativa do governo é que 233 mil passageiros passariam a usar a linha quando chegasse esse formato, de 18 km. O investimento necessário, segundo o documento, seria de R$ 1,66 bilhão.

Brás em definitivo

Mas a maior mudança no pensamento em relação à Linha 13-Jade está na outra ponta do ramal. Trata-se da extensão operacional até Brás com mais 13 km. Hoje o serviço Connect já faz esse percurso, mas apenas em alguns horários para não prejudicar a Linha 12-Safira, “dona” dessas vias. A ideia da CPTM é tornar esse compartilhamento comum em todos os horários, facilitando o acesso ao restante da rede, ao contrário da isolada parada Engenheiro Gourlart.

Para isso, será necessário investir na recapacitação das vias e sistemas principalmente o de sinalização para que as duas linhas possam percorrer o trecho ao mesmo tempo e com intervalos mais baixos. É um cenário comum em outros sistemas mundo afora, mas que até a abertura da Linha 13 era ignorado em São Paulo.

A fim de aumentar a oferta e também melhorar o atendimento aos seus passageiros, a CPTM contratará ajustes no Sistema de Controle de Tráfego (SCT) para o trecho compreendido entre as estações Tatuapé e Calmon Viana, da Linha 12– Safira. Essas modificações permitirão reduzir o intervalo entre trens e, consequentemente, incrementar o número de viagens de toda a linha, especialmente no trecho Brás – Engº Goulart, o que impactará diretamente no serviço Connect oferecido hoje pela Linha 13 – Jade“, explicou a CPTM por meio de um SIC (Sistema de Informação ao Cidadão).

, Linha 13-Jade mudará percurso para chegar ao Terminal 2 de Guarulhos, Top Guarulhos

 

Após as modificações no SCT o Connect será expandido totalmente, inclusive nos horários de pico, com a mesma tarifa. O Sistema de Sinalização da Linha 13 está em fase de finalização de implantação, com conclusão prevista para 2019“, conclui o texto enviado pela companhia. No documento, o governo do estado prevê atender mais 200 mil passageiros por dia quando a modernização estiver concluída em 2022 e após investimento de R$ 500 milhões.

A mudança de destino da Linha 13-Jade, no entanto, não deverá eliminar os planos de levá-la no sentido da Mooca por vias subterrâneas, projeto que consta nos estudos preliminares da CPTM. É possível, inclusive que no futuro o ramal possa ter dois serviços diferentes por exemplo. Fato é que esse possível panorama e que inclui também a chegada da Linha 2-Verde à futura estação Tiquatira, fará com que o Aeroporto de Guarulhos possa ser acessado de forma confortável e de várias formas na rede metroferroviária. Como ocorre em várias cidades do mundo.

, Linha 13-Jade mudará percurso para chegar ao Terminal 2 de Guarulhos, Top Guarulhos

Mais para você
Comentários
Carregando ...