São Paulo volta a vencer o Ituano e avança às semifinais do Paulistão

O bom resultado em campo, com grande atuação dos jovens talentos, ocorreu no mesmo dia que a diretoria confirmou o retorno de Alexandre Pato

Com um gol do volante Liziero, mais um jovem formado nas categorias de base do clube, o São Paulo garantiu sua vaga na semifinal do Campeonato Paulista ao ganhar do Ituano nesta quarta-feira por 1 a 0 – no confronto de ida, o time já havia vencido por 2 a 1. O bom resultado em campo, com grande atuação dos jovens talentos, ocorreu no mesmo dia que a diretoria confirmou o retorno de Alexandre Pato.

As duas equipes iniciaram a partida praticamente com as mesmas escalações do primeiro jogo, com uma única mudança no Ituano: a entrada de Bassani no meio, no lugar de Marcos Serrato, que não estava 100% fisicamente. E desde os primeiros minutos, o São Paulo mostrou que não estava disposto a deixar o adversário chegar ao seu gol.

Leia Também

+ Com dois gols de Igor Gomes, São Paulo abre vantagem contra o Ituano nas quartas

Com isso, o foco estava muito mais na destruição das jogadas do que na criação delas. No meio, os incansáveis Liziero e Luan faziam de tudo para desarmar. Assim, o São Paulo tinha mais posse de bola e conseguia ocupar principalmente o campo do adversário, evitando que o Ituano se aproximasse de seu gol.

Só que com a bola nos pés o time tricolor tinha muita dificuldade em levar perigo ao gol do adversário. Aos 19, Hudson tentou chutar, mas foi travado. Depois, Antony cruzou a bola, que passou com perigo. Pablo também teve uma chance, mas a defesa afastou. E assim o São Paulo foi martelando o rival, mas sem muita consistência.

Se entrar na área estava complicado, a alternativa foi arriscar chutes de média e longa distância. Igor Gomes tentou assim, Antony também e até Pablo, aos 32, mandou quase do meio de campo, tentando surpreender Pegorari, mas o goleiro do Ituano estava atento. A única chance do Ituano veio aos 44, com Morato, que cruzou com perigo, mas Pablo, que estava ajudando na defesa, afastou.

Depois do intervalo, o Ituano voltou melhor e passou a pressionar. Teve algumas chances nos primeiros minutos, a melhor delas com Ramon, que cabeceou livre, mas Tiago Volpi segurou com tranquilidade. Depois disso, o São Paulo retomou o domínio da partida, acertou novamente a marcação e diminuiu os espaços do adversário.

Se do lado esquerdo Everton Felipe mais uma vez tinha uma atuação abaixo da do time, na direita Antony incomodava bastante. Arriscava dribles, partia em velocidade e não demorou para iniciar a jogada do gol tricolor. Aos 26, ele cruzou para Pablo, que ajeitou e chutou. A bola bateu na defesa e sobrou para Liziero, que no rebote mandou no canto e comemorou o gol.

A partir daí, o Ituano tentou de todas as formas chegar ao empate, mas a marcação do São Paulo funcionava. E pela direita, o time do Morumbi levava perigo e continuava incomodando. O autor do gol, Liziero, que voltou recentemente de contusão, acabou saindo para a entrada de Jucilei. Com isso, Mancini fechou ainda mais o time e carimbou a vaga tricolor na semifinal.

FICHA TÉCNICA:

ITUANO 0 X 1 SÃO PAULO

ITUANO – Pegorari; Jonas, Ricardo Silva, Léo Santos e Peri; Baralhas, Corrêa (Marcelinho) e Bassani (Gui Mendes); Morato, Ramon (Guilherme) e Martinelli. Técnico: Vinícius Bergantin.

SÃO PAULO – Tiago Volpi; Hudson, Bruno Alves, Anderson Martins e Reinaldo (Léo); Luan, Liziero (Jucilei) e Igor Gomes; Antony, Pablo e Everton Felipe (Helinho). Técnico: Vagner Mancini.

GOL – Liziero, aos 26 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Flavio Rodrigues de Souza.

CARTÕES AMARELOS – Morato, Gui Mendes, Everton Felipe, Antony e Pablo.

PÚBLICO – 9.028 pagantes.

RENDA – R$ 353.630,00.

LOCAL – Estádio Novelli Júnior, em Itu (SP).

Mais para você
Comentários
Carregando ...