Santos promete pagar salários atrasados dos jogadores em 48 horas

"É uma coisa que acontece na vida de qualquer clube"

Membro do Comitê de Gestão do Santos, Bruno Carbone foi o representante do clube na reunião na Federação Paulista de Futebol (FPF), em São Paulo, onde foram definidas as datas e horários das quartas de final do Estadual. O dirigente admitiu que os jogadores estão com salários atrasados e prometeu acertar a dívida com eles em 48 horas.

“É uma coisa que acontece na vida de qualquer clube. O Santos tem muito dinheiro para receber esse ano e adequaremos o fluxo de caixa em breve. Acredito que nas próximas 48 horas estará tudo resolvido”, disse.

O dirigente negou que o técnico argentino Jorge Sampaoli devolveu o salário que recebeu referente ao último mês por causa do atraso com os jogadores. “Isso não aconteceu. Não chegou a mim”, declarou. Carbone disse que compareceu ao evento porque o presidente José Carlos Perez viajou para a China e Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, em busca de investimentos ao clube.

O Santos perdeu por 4 a 0 para o Botafogo, em Ribeirão Preto (SP), na última quarta-feira, e terminou na segunda colocação do Grupo A do Campeonato Paulista. “Terminamos com a terceira melhor campanha. Está tudo certo”, minimizou Carbone.

Na próxima fase, o time alvinegro enfrentará o Red Bull Brasil, equipe de melhor campanha da fase de classificação da competição O primeiro jogo acontecerá neste sábado, no estádio do Pacaembu, em São Paulo, e a segunda partida acontecerá na terça-feira, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).

Mais para você
Comentários
Carregando ...